sexta-feira, 21 de outubro de 2011

MAIS ALVO QUE A NEVE

"Mais Alvo que a Neve" é uma história que, sem dúvida, vocês apreciarão bastante. No final compreenderão como é fácil viver feliz!

Tom era um menino negro, de olhos vivos, mas muito tímido e complexado pela sua cor.
 
A alegria de D. Joaninha sua mãe, era vê-lo correndo e brincando com Totó, seu cachorro de estimação.

  
Um dia sua mãe lhe disse: -”Tom, você precisa ir para a escola”. Já é tempo de aprender a ler e escrever.

  
 Como foi terrível o primeiro dia de aula! Quanta zombaria ao nosso Tom!


"Olha o bola de neve!" Gritavam todos. Foi demais para ele... Chorando desesperado saiu correndo rua afora...







Até que exausto, para de correr, enxuga as lágrimas e começa a pensar: "Por que será que eu sou tão escurinho? Por que não sou igual às outras crianças, claras e bonitas?"


 Então de repente, ele avista uma coisa maravilhosa: a propaganda de um sabão milagroso, que transforma tudo em branco! "Será possível?" Pensou ele.


Entusiasmado com a idéia, pôs-se a economizar uns trocados. "Pronto!" Coloca o dinheiro no bolso e dirige-se ao vendedor (balconista): -"Esse sabão clareia tudo mesmo?" Pergunta Tom. -"Sim, sim! responde o um senhor bem idoso.






Radiante (muito feliz) de esperança vai para sua casa e mergulha na branca espuma de sabão milagroso. Mas... O milagre começou a demorar... Sua pele ardia... Já estava a machucar... E nada de ficar branca...

  
 Profundamente decepcionado, e com o corpinho todo arranhado, Tom novamente põe-se a chorar.


D. Joaninha porém, havia acompanhado tudo de longe, e vem em socorro do filho.






Abre a Bíblia e lhe ensina com todo carinho: -"Jesus ama a todas as crianças, e a você também, Ele não olha com indiferença (desprezo) para a cor de pele e sim, para o coração." Os olhos de Tom começam a brilhar de alegria... E o seu coração bate mais forte ao aprender este verso:


'Jesus ama as criancinhas,
não importa qual a cor.
Brancas, negras, moreninhas,
todas tem o seu valor!'
 
 
Jesus não suporta o coração sujo, cheio de maldades e pecados.

 
"Eu sou uma negra de coração branco! Jesus lavou o meu coração!" diz D. Joaninha. Só o sangue de Jesus pode limpar o nosso coração das manchas do pecado e torná-lo 'Mais Alvo que a Neve'!
 
 
 
Emocionado e feliz como nunca, Tom abraça sua querida mãe, que acaba de lhe ensinar a maravilhosa história do amor de Jesus.
 
  
Ajoelham-se e, juntos, agradecem a Deus por seu grandioso amor.
 
 
E então, livre de mágoas e complexos, Tom perdoa seus colegas e volta para junto deles para brincarem. E nunca se esquece, sempre repetindo para todos:

'Jesus ama as criancinhas,
não importa qual a cor.
Brancas, negras, moreninhas,
todas tem o seu valor!'
 
 
 

Um comentário: